QUAL A RELAÇÃO ENTRE LIMPEZA ÉTNICA E A CURA GAY?

TRANSGENERO NÃO É DOENÇA!!!
19 de setembro de 2017
VAMOS FAZER A “PRIMAVERA RESPEITO ÀS DIVERSIDADES”!!!
22 de setembro de 2017

 

Tenho acompanhado a cruel “limpeza étnica” que está acontecendo em Mianmar e, que já fez com que mais de 400mil pessoas fugissem do massacre promovido pelo exército birmanês.

limpeza étnica em Mianmar

Tantas outras “limpezas étnicas” já ocorreram como por exemplo em Ruanda. Mas, por que estou falando nisso? Por que faço uma analogia entre a “limpeza étnica” e a “cura gay”. Sim. Ambos tentam impor uma ideologia dos que se acham superiores aos demais seres humanos. Pessoas que não veem o próximo como semelhante.

Genocídio em Ruanda

Não respeitam a individualidade das pessoas. Não se preocupam com o mal que estão fazendo àqueles que não se encaixam no seu mundinho.

No dia 15/09, o juiz Waldemar Cláudio de Carvalho, da 14ª Vara do Distrito Federal, concedeu uma liminar que, na prática, torna legalmente possível que psicólogos ofereçam pseudoterapias de reversão sexual (disfarçadas de estudo científico),  a cura gay”. O processo foi movido por três psicólogos contra o Conselho Federal de Psicologia- CFP, no qual pedem a suspensão da resolução do CFP que estabelece normas para questões relacionadas à orientação sexual, alegando tratar-se de ato de censura. Na ata da audiência, o juiz citou a OMS que considera que “a homossexualidade constitui uma variação natural da sexualidade humana, não podendo ser, portanto, considerada como condição patológica”. Mas, no meu entender, de forma contraditória,  determinou que os psicólogos podem promover estudos ou atendimento profissional, de forma reservada, pertinente a re-orientação sexual. É ou não, uma porta aberta à “cura gay”?! Essa decisão não é o único caminho para a “cura gay” avançar pelo Brasil. Continua tramitando na Câmara o projeto de lei 4931 do deputado Ezequiel Teixeira que autoriza a aplicação de uma série de terapias com o objetivo de “auxiliar  a mudança de orientação sexual, deixando o paciente de ser homossexual para ser heterossexual”. É preciso ficar “de olho” nessa tramitação e possível aprovação. Daí para a legalização de outras discriminações é um pulo, concordam?

 

 

Fontes: 

https://d2f17dr7ourrh3.cloudfront.net/wp-content/uploads/2017/09/ATA-DE-AUDI%C3%8ANCIA.pdf

https://www.cartacapital.com.br/politica/na-camara-projeto-de-cura-gay-segue-tramitando

https://www.uol/noticias/especiais/limpeza-etnica.htm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook