FEMINICÍDIO PARA SE EXIBIR AOS AMIGOS.

SUICÍDIO AOS 10 ANOS. O BULLYING MATANDO CADA VEZ MAIS CEDO…
21 de dezembro de 2017
“HOMEM MONTADORA”
23 de dezembro de 2017

Anastasia Oviannikova e o marido

O relacionamento abusivo, físico e emocional por parte do companheiro já durava anos… Ele obrigou inclusive a companheira a deixar o emprego e, ameaçou a família dela caso tentassem intervir ou denunciar o caso às autoridades. Até que Anastasia Oviannikova, 28 anos, foi espancada e violentada pelo marido, Maxim Gribanovem uma sessão de tortura que durou horas, filmada na íntegra.Ela ficou em coma após os ataques, foi encaminhada ao hospital com diversos ferimentos, hemorragias internas e ossos quebrados pelo espancamento.

Anastasia Oviannikova e o marido

A vítima nunca chegou a acordar do estado de coma, faleceu seis dias depois. O objetivo? Segundo ele, era mostrar aos amigos como conseguia manter a esposa sob controle.O mínimo que pensei sobre esse monstro ao ler a notícia foi “imbecil nojento”.

A legislação russa em vigor desde janeiro/17 despenalizou diversas formas de violência doméstica. Com a reformulação, agressores de namoradas, esposas e filhos só são legalmente obrigados a pagar multa se as vítimas tiverem ossos fraturados (pena que antes era e dois anos passou a ser de 15 dias de prisão, além de uma multa insignificante equivalente a R$ 1,5 mil). Todas as outras sequelas, físicas e psicológicas, acabam por ser “perdoadas”.O que dizer? É o reflexo da desvalorização e objetificação gritante da mulher. Perdoar sequelas físicas e psicológicas? É preciso fraturar os ossos? Pena de 15 dias? A mulher avaliada em R$ 1.5 mil? Se a ideia é incentivar a violência doméstica, eles estão no caminho certo…São só mulheres, vítimas de uma sociedade tanto lá como aqui, patriarcal.

Sabem qual o meu medo? Que nossos legisladores machistas, que vêem a mulher como “submissa”, tentem alterar a lei do feminicídio se espelhando nessas legislações…

 

 

Fonte: /www.noticiasaominuto.com.br/mundo/492430/para-mostrar-controle-russo-espanca-mulher-ate-a-morte

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Facebook